O Escritório de Coordenação de Assuntos Humanitários das Nações Unidas (OCHA) anunciou, esta terça-feira, a suspensão de todas as operações humanitárias na Síria. Uma decisão tomada depois do ataque que atingiu um comboio humanitário na segunda-feira, na região de Aleppo.

Por enquanto não temos uma visão global do que aconteceu, mas foi tomada a decisão de suspender, por enquanto, todas as operações humanitárias na região", afirmou, em conferência de imprensa, o porta-voz da OCHA, Jens Laerke.

Esta segunda-feira, pelo menos 18 camiões de um comboio de ajuda humanitária, organizado pela ONU e pelo Crescente Vermelho, foram atingidos por um bombardeamento, perto da cidade de Urum al Kubra, no norte da província de Aleppo.

O comboio era constituído por 31 camiões, que levavam mantimentos para 78 mil pessoas que estão isoladas em Urum al Kubra. As Nações Unidas ainda não confirmaram se há vítimas, mas o Observatório Sírio de Direitos Humanos afirmou que pelo menos 12 pessoas morreram, a maioria seriam motoristas dos camiões.