O presidente do Zimbabué, Robert Mugabe, afirmou esta segunda-feira que os seus rivais políticos e observadores ocidentais podem suicidar-se se não conseguirem aceitar a sua recente reeleição.

«Os que estão chocados com a derrota, podem enforcar-se, se quiserem. Nunca desistiremos da nossa vitória», afirmou Mugabe, de 89 anos, numa cerimónia com veteranos da guerra de independência do país.

Esta foi a primeira declaração pública do líder desde que a comissão eleitoral do país o ter declarado vencedor, com 61% dos votos, das polémicas eleições do dia 31 de julho.

Mugabe está no poder há mais de 33 anos e renovou o mandato por mais cinco anos.