Uma pessoa morreu e outras nove ficaram feridas, quatro das quais em estado grave, na sequência de um ataque hoje protagonizado por homens armados contra três viaturas civis, na província de Sofala, no centro de Moçambique.

Uma testemunha citada pela Rádio Moçambique disse que, primeiro, os atacantes atingiram o lugar do condutor de um autocarro, depois começaram a disparar indiscriminadamente contra os passageiros.

Uma viatura foi incendiada durante o ataque no troço entre as regiões de Machanga e Muxungué, próximo da zona da Gorongosa, onde o líder da Resistência Nacional Moçambicana, Afonso Dhlakama, agora em parte incerta, viveu no último ano.