Pelo menos uma pessoa morreu na sequência do sismo de 7,4 na escala de Richter, registado, esta segunda-feira noite, ao largo da costa de El Salvador, disse o ‘mayor’ da cidade de San Miguel.

O presidente da câmara de San Miguel, localizada a 135 quilómetros a leste da capital de El Salvador, Wilfredo Salgado, disse à rádio YSKL que não foram reportadas mais vítimas ou danos de maior, apesar do desmoronamento de várias paredes na cidade.

O abalo, que ocorreu a 170 quilómetros a sudeste da capital de El Salvador, foi localizado a uma profundidade de 70 quilómetros, de acordo com o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS), que monitoriza a atividade sísmica mundial.

As autoridades de El Salvador emitiram um alerta de tsunami para o Oceano Pacífico após o forte terramoto que também atingiu outros países da América Central.