O Conselho de Segurança das Nações Unidas condenou no sábado o sequestro e homicídio de dois jornalistas franceses da rádio no norte do Mali.

Os jornalistas ¿ Ghislaine Dupont e Claude Verlon da Radio France International (RFI) ¿ foram encontrados mortos depois de terem sido sequestrados por homens armados na cidade de Kidal, no norte do Mali. Ambos tinham viajado no sábado para entrevistar o porta-voz do grupo separatista tuaregue Movimento para a Libertação de Azawad e foram raptados perto da casa deste.

Em comunicado divulgado no sábado, os membros do Conselho de Segurança da ONU «expressaram as suas condolências às famílias das vítimas» e ao Governo francês.