Um turista alemão, que estava de férias em Veneza com a mulher e os três filhos, morreu este sábado depois da gôndola em que viajava ter sido atingida por um vaporetto no Grande Canal de Veneza, na zona da ponte de Rialto.

Segundo a agência Efe, que cita fontes médicas, há ainda uma criança em estado grave, com um traumatismo craniano.

De acordo com as informações da Polícia, o turista, de cerca de 50 anos, ficou preso entre as embarcações e acabou por falecer no hospital de Pádua.