Uma violenta erupção do vulcão Fuji poderia forçar à retirada de 1,2 milhões de pessoas devido à lava, aos gases e cinzas, sustenta um novo cálculo realizado pelas regiões japonesas em volta da montanha onde está o vulcão.

Representantes das prefeituras de Kanagawa, Yamanashi e Shizuoka reuniram-se na cidade de Fuji para traçar um novo plano de evacuação da população que vive nas imediações do conhecido vulcão japonês.

A libertação de lava e gases vulcânicos poderia forçar imediatamente à saída de 750.000 da zona, a que se somariam outras 470.000 caso a acumulação de cinzas no solo atingisse os 30 centímetros.