Pelo menos oito pessoas morreram, na sequência da explosão de um carro-bomba, perto do edifício da Defesa, na capital da Somália, Mogadíscio. A informação é avançada pela Reuters, que cita fontes oficiais e testemunhas no local.

«Um carro-bomba, tripulado por um suicida, atingiu o edifício da Defesa Nacional. Já transportámos sete corpos até agora», disse Abdullahi Hassan, responsável pela polícia de Mogadíscio.

Uma testemunha citada pela Reuters, garante ter contado oito mortos.

O atentado não foi reivindicado.