A Polícia de República de Moçambique (PRM) matou, esta segunda-feira, dois homens suspeitos de pertencerem a uma quadrilha de Maputo, no bairro de Triunfo, um dos bairros nobres da capital.

De acordo com o porta-voz da PRM, Arnaldo Chefo, que falava no local do incidente à imprensa, nas primeiras horas da manhã, a polícia recebeu uma denúncia anónima que dava conta de que um empresário teria sido sequestrado no bairro de Triunfo.

Um carro da polícia enviado ao local para averiguar a denúncia deparou-se com duas viaturas, com diversos homens, entre os quais a alegada vítima de rapto, segundo Chefo.

Na perseguição, os suspeitos abandonaram a vítima, fugindo, mas dois acabaram por morrer, na troca de tiros com a polícia.

A PRM irá disponibilizar novos elementos resultantes da investigação que está a fazer ao caso, disse o seu porta-voz.

Moçambique está a ser afetado há cerca de dois anos por uma onda de sequestros, sendo habitualmente exigidas elevadas quantias de dinheiro em troca da libertação.