O comando provincial da Polícia em Inhambane, no sul de Moçambique, suspendeu o diretor da Polícia de Investigação Criminal (PIC), que foi surpreendido na posse de produtos alegadamente roubados das prateleiras de um supermercado.

O comissário-adjunto da polícia, com 35 anos de serviço, foi encontrado na posse de máquinas de barbear, palhas de aço e outros produtos que não passaram pela caixa de pagamento, mas foram detetados pelas câmaras de vigilância montadas no supermercado, como conta a agência Lusa.

Citado pela Rádio Moçambique, o porta-voz do comando provincial da Polícia da República de Moçambique em Inhambane, Vagumar Armindo, disse nesta quarta-feira que, após as autoridades policiais em Inhambane receberem a denúncia, imediatamente decidiram suspender o diretor da PIC para «permitir uma investigação minuciosa do sucedido».