Vladimir Putin e Pytor Poroshenko trocaram um breve aperto de mãos em Minsk, onde se encontram reunidos com Angela Merkel e François Hollande, para tentar encontrar uma resolução para o conflito ucraniano. O momento foi transmitido pelo televisão estatal russa e amplamente partilhado nas redes sociais.

Os dois líderes chegaram a trocar breves palavras, perante o olhar atento de Merkel e Hollande, antes do início da reunião.
 
O Presidente francês, François Hollande, e a chanceler alemã, Angela Merkel, decidiram participar cimeira de Minsk, na Bielorrússia, para «tentar tudo, até ao fim», com vista a uma solução para a crise ucraniana.

Fonte próxima do palácio do Eliseu (França) disse à agência AFP que, após uma conversa telefónica em que fizeram um «rápido ponto da situação» sobre a crise ucraniana, os dois dirigentes decidiram deslocar-se hoje à capital bielorrussa para se encontrarem com os presidentes russo, Vladimir Putin, e ucraniano, Petro Porochenko, num derradeiro esforço para encontrar uma solução diplomática para o conflito.

O chefe de Estado ucraniano decidiu participar na quinta-feira na cimeira europeia em Bruxelas para fazer um balanço da situação no seu país, um dia depois da reunião de Minsk, anunciou hoje o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.