O porta-voz do exército norte-americano no Iraque, David Perkins, anunciou este domingo, em Bagdad, que os Estados Unidos vão retirar 12 mil soldados do Iraque em Setembro próximo, informa a Lusa.

Numa conferência de imprensa conjunta com o porta-voz do governo iraquiano, Ali al Dabagh, Perkins disse que duas brigadas militares norte-americanas sairão do Iraque nessa altura, ficando o contingente norte-americano no país reduzido a 12 brigadas. A retirada inclui o regresso aos Estados Unidos das unidades de apoio técnico a estas forças de combate.

Segundo Perkins, o Reino Unido vai também retirar quatro mil militares do sul do Iraque, em Julho.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou em 17 de Fevereiro a retirada progressiva das tropas de combate norte-americanas do Iraque até Agosto de 2010.

A partir dessa altura, ficarão no país apenas entre 35 mil e 55 mil soldados com a missão de prestar assistência às Forças Armadas iraquianas até final de 2011, altura em que expira o prazo para a permanência das tropas norte-americanas no país, uma decisão tomada em 2008 por Washington e Bagdad.

De acordo com o calendário anunciado por Obama, cerca de 90 mil soldados abandonarão o Iraque nos próximos 18 meses, um prazo mais alargado que os 16 meses que tinha prometido durante a campanha eleitoral.