Dois soldados foram mortos, esta segunda-feira, a tiro por presumíveis membros do grupo rebelde Novo Exército do Povo (NPA, de esquerda) no leste das Filipinas, disse fonte militar.


Segundo o tenente-coronel Perfecto Pearedondo, aos comandos do segundo batalhão da infantaria do exército das Filipinas, os soldados estavam a caminho de um centro de evacuação na vila de Anislag, na cidade de Daraga, na província de Albay, para supervisionarem a situação da segurança no local quando foram cercados por guerrilheiros do NPA, informa a Xinhua.


Perfecto Pearedondo indicou que foi destacada uma unidade para o local para perseguir os rebeldes. Os soldados localizaram cinco guerrilheiros do NPA que conseguiram colocar-se em fuga depois de um tiroteio que durou cerca de cinco minutos.