O gigantesco bairro da lata conhecido como “A Selva”, situado perto de Calais, norte de França, que alberga quase 7.000 migrantes, muitos menores, que esperam chegar ao Reino Unido, vai ser gradualmente desmantelado, anunciou na quinta-feira o ministro do Interior francês.

Bernard Cazeneuve disse ao jornal regional Nord Littoral que vai avançar para o seu encerramento “com grande determinação”, desmantelando o espaço em fases enquanto são criados novos alojamentos para os migrantes noutras zonas de França, de modo a “desbloquear Calais”.

As autoridades francesas tentaram várias vezes encerrar o campo, que dizem albergar cerca de 7.000 migrantes, o que representa um acentuado aumento nos últimos meses.