As autoridades do condado de Saint Louis, onde se localiza Ferguson, nos EUA, decidiram prolongar o estado de emergência em 24 horas, apesar da ausência de incidentes como os que marcaram o aniversário da morte de Michael Brown.

Esta medida foi tomada na quinta-feira mesmo não tendo sido registados mais incidentes, como o tiroteio na noite de domingo que resultou num ferido grave, num episódio que desencadeou receios de que a cidade voltasse a ser palco de violentos tumultos.

O estado de emergência, entretanto prorrogado, foi declarado na passada segunda-feira para evitar danos contra pessoas e propriedades, depois dos violentos episódios na noite de domingo, por ocasião do primeiro aniversário da morte de Michael Brown, um jovem negro abatido por um polícia branco quando estava desarmado.