O processo formal de extradição do México para os Estados Unidos da América do traficante de droga Joaquin “El Chapo” Guzmán teve início este domingo, dois dias depois de ter sido recapturado, anunciaram as autoridades mexicanas, numa altura em que a polícia mostrou interesse em ouvir o ator Sean Penn, que se encontrou com o barão da droga depois da sua fuga.

A Procuradoria-Geral informou, em comunicado, que os agentes da Interpol do México deslocaram-se à prisão de alta segurança de Altiplano, próxima da capital mexicana, onde se encontra “El Chapo”, para executar dois mandados de prisão com fins de extradição, o que constitui “o arranque formal dos procedimentos”.

Os juízes têm agora de emitir uma decisão e entregá-la ao Ministério dos Negócios Estrangeiros, que tem de dar ‘luz verde’ a qualquer extradição.

Este fim de semana também foi revelada a entrevista que Sean Penn fez ao barão da droga para a revista "Rolling Stone".
 
O encontro, para onde o ator foi levado com os olhos vendados, realizou-se três meses depois da fuga da prisão de "El Chapo". Afinal, havia quem conhecesse o paradeiro do traficante. Por seu turno, Sean Penn disse que a entrevista só foi possível com a ajuda da atriz Kate del Castillo. 

A atriz mexicana escreveu, na sua conta de Twitter, em 2012, que "acreditava mais em El Chapo Guzman do que nos governantes que nos escondem a verdade".