Um septuagenário belga foi sentenciado a 20 anos de prisão pela violação de duas meninas de 11 e 13 anos na República Democrática do Congo, disse na terça-feira o advogado de uma das vítimas.

Jacques Francis Bellize começou a ser julgado em março e foi condenado, na segunda-feira a um total de 20 anos de prisão e a uma indemnização de 15 mil dólares (14,1 mil euros) a cada uma das vítimas, afirmou o advogado Petrous Mutamba à AFP.

Já o advogado de defesa, Patrick Mutombo, afirmou que o indivíduo se tinha declarado culpado em relação ao caso de uma das vítimas.