O senado francês aprovou na quinta-feira uma lei que proíbe os concursos de beleza para menores de 16 anos.

O estado francês quis deste modo travar aquilo a que chama «hipersexualidade» das raparigas, escreve o «New York Times».

Chantal Jouanno, política francesa defensora da lei, argumenta que as meninas entre os seis e os 12 anos não devem ser pressionadas pelas mães para serem bonitas, mas que as progenitoras devem estimular a sua inteligência.

Os concursos de beleza para crianças são populares em França e uma verdadeira máquina de fazer dinheiro nos Estados Unidos.