Melissa Bachman, uma apresentadora de televisão norte-americana foi obrigada a «fechar» a sua conta do Facebook e do Twitter no espaço de algumas horas, após publicar uma fotografia sua, junto a um leão que matou durante uma caçada na África do Sul, escreve o jornal britânico «Telegraph».

Descreve-se como «caçadora hardcore» e apresenta um programa relacionado com caça e pesca, intitula-se «Winchester¿s Deadly Passion» e é emitido no Pursuit Channel. Numa viagem à África do Sul, matou um leão e tirou uma fotografia junto ao corpo. Publicou-a no Facebook e no Twitter com a legenda: «Que dia incrível na África do Sul».

Apesar de não ser considerada uma espécie em «perigo de extinção» os leões são classificados como uma espécie vulnerável e a imagem indignou milhares. Na África do Sul já corre uma petição para que Melissa Bachman seja impedida de regressar ao país.

As ameaças recebidas através das redes sociais, foram de tal ordem, que a norte-americana cancelou as suas contas no Facebook e no Twitter. No entanto, mantém a sua página pessoal ativa e, aqui, podem encontrar-se dezenas de fotografias suas junto de animais que caçou. Como, por exemplo, javalis, crocodilos, ursos, veados, entre outros.

Aliás, há algum tempo que Melissa Bachman é alvo de criticas, mas a fotografia com o leão parece ter sido a «gota de água» para os defensores dos direitos dos animais.