Várias personalidades políticas, inclusive britânicas, foram excluídas da lista de casamento do príncipe Harry e da atriz Meghan Markle, de acordo com informações Casa Real, citadadas pela BBC

Donald Trump, Barack Obama, Theresa May ou Jeremy Corbyn são alguns dos nomes que não integram a lista de convidados daquele que é o casamento real mais aguardado do ano. 

Segundo a imprensa internacional, a família real informou que não há uma lista oficial de líderes políticos entre os convidados, pelo que casal só terá convidado personalidades com quem tem ligação, como é o caso de Julia Gillard, primeira-ministra da Austrália, e John Key, primeiro-ministro da Nova Zelândia. 

Por outro lado, entre os cerca de dois mil convidados estão alguns membros do público britânico, que realizam trabalhos notórios de liderança ou de serviço à comunidade, como o voluntariado. Quem também vai poder assistir à cerimónia é Amelia Thompson, uma menina de 12 anos que estava no atentado de Manchester

casamento real entre o príncipe Harry e Meghan Markle vai ter lugar no Castelo de Windsor, já no próximo dia 19 de maio.