ataque dos EUA

“Eu condeno severamente o devastador e trágico ataque aéreo ao Hospital dos Médicos Sem Fronteiras desta madrugada, que causou a morte e ferimento de médicos, pacientes e outros civis”, pode ler-se num comunicado redigido pelo porta-voz da ONU.


“Eu reitero a minha chamada a todas partes envolvidas para respeitarem e protegerem o pessoal médico e humanitário, assim como as instalações”, disse Nicholas Haysom.






staff