A passagem da tempestade Imogen pela Europa deixou um rasto de destruição em diversos países. Além de ter estragado o carnaval a milhares de pessoas. Pessoas desaparecidas, alguns feridos e muitos estragos materiais.


As rajadas de vento chegaram aos 155 km/hora no golfo de Biscaia e no Canal da Mancha. Foi mesmo acionado o alerta laranja nas zonas costeiras de vários países europeus.

Nas Astúrias, por exemplo, uma onda gigante levou um bebé de 20 meses, que estava ao colo do avô. O avô e o pai do menino foram arrastados também, mas conseguiram sair do mar. O bebé continua desaparecido e, até ao momento, as buscas revelaram-se infrutíferas.

Portugal também esteve com alerta laranja. Espanha foi um dos países onde se registaram mais estragos. A região de Pontevedra, por exemplo, foi assolada por mini tornados.

Mas a França, o Reino Unido e a Alemanha também não escaparam à Imogen.

Em Paris, a queda de um painel publicitário atingiu duas pessoas. Uma das vítimas chegou a ser internada. Já no Reino Unido um pessoa está desaparecida desde domingo e há registo de muitos danos materiais. Na costa, as ondas chegaram aos 19 metros.