O Instituto Nacional de Gestão de Calamidade de Moçambique (INGC) estima que pelo menos 14 pessoas tenham morrido e sete ficado feridas em todo o país devido às chuvas que se registam no país.

Segundo Henrique Banze, vice-ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, e porta-voz do Conselho de Ministros, mais de 1.235 casas foram totalmente destruídas e 899 parcialmente danificadas durante a presente época chuvosa.

Recentemente, o Conselho de Ministros aprovou o Plano de Contingência que disponibiliza um orçamento estimado em 152 milhões de meticais (3.715 milhões de euros) para minimizar o impacto das calamidades naturais na época chuvosa 2013/2014.