Os ficheiros clínicos de Marilyn Monroe que comprovam que fez uma operação cosmética foram vendidos no passado fim de semana na Califórnia por cerca de 19.137 euros (25.600 dólares), foi anunciado na segunda-feira.

A Leiloeira Julien organizou no fim de semana um leilão em Beverly Hills destinado a vender objetos pessoais de figuras públicas célebres, tais como Elizabeth Taylor, Julie Andrews, Greta Garbo e a princesa Diana.

Os ficheiros médicos de Marilyn provocaram grande curiosidade, por incluírem raios-x da cara da estrela de cinema e descrições com detalhes das cirurgias que fez, onde se podia ler que tinha uma deformidade no queixo.

Aos 24 anos, em 1950, a atriz tinha um implante no queixo, que, segundo o médico, se começava a «dissolver lentamente». Os registos mostram que o implante fazia parte de uma rinoplastia que tinha feito na ponta do nariz.

Os ficheiros clínicos revelaram ainda que, em 1957, cinco anos antes de morrer, a atriz teve uma gravidez ectópica, quando estava em Nova Iorque.

O Redbook Award ganho por Marilyn também foi vendido no leilão por cerca de 83 mil dólares (62.500 euros ), assim como fotografias da visita que fez aos soldados durante a Guerra da Coreia.

Outros dos objetos vendidos foram um vestido da designer Catherine Walker que pertencia à Princesa Diana, por 75 mil dolares (56 mil euros), uma mala da Greta Garbo por 12.500 dolares (9.344 euros) e o vestido de noiva que Julie Andrews usou no filme «Música no Coração» por 22.500 dolares, ou seja, cerca de 16.820 euros, escreve a Lusa.