O Governo espanhol vai ouvir na próxima segunda-feira o embaixador dos Estados Unidos a propósito das notícias sobre alegadas escutas dos serviços norte-americanos ao país, anunciou esta sexta-feira o ministro dos Assuntos Exteriores espanhol.

O chefe do Governo, Mariano Rajoy, anunciou hoje em Bruxelas ter dado instruções ao chefe da diplomacia para que convocasse o embaixador, James Costos.

«Não temos provas de que Espanha tenha sido espiada, mas estamos a chamar o embaixador para obter informação», afirmou Rajoy em Bruxelas, que falava no final de um Conselho Europeu, no qual o caso da espionagem pelos serviços secretos norte-americanos a líderes europeus entrou na agenda, na sequência da revelação de escutas ao telefone da chanceler alemã Angela Merkel.