Milhares de manifestantes pró e contra a destituição da Presidente do Brasil com mandato suspenso, Dilma Rousseff, voltaram no domingo às ruas num país pré-olímpico, onde as palavras de ordem foram além da destituição e até do português.

Aproveitando a visibilidade dos Jogos Olímpicos, que começam na sexta-feira no Rio de Janeiro, os brasileiros saíram à rua com faixas onde se podia ler em inglês "Fora Dilma", "Fora comunismo" e "Brasileiros não toleram a corrupção", de acordo com a Lusa.

Porém, as manifestações foram menos expressivas do que as registadas antes da aprovação do pedido de afastamento de Dilma Rousseff no Congresso, que levou à suspensão temporária da Presidente em maio e à sua substituição pelo Presidente interino, Michel Temer.