O primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, afirmou esta terça-feira que manteve conversas secretas com o líder dos rebeldes pró-russos, Alexander Borodai, para recuperar as caixas negras do avião da Malaysian Airlines abatido na Ucrânia.

«Nos últimos dias, trabalhámos nos bastidores para contactar com aqueles a cargo do lugar onde caiu o MH17», disse o primeiro-ministro poucas horas antes da entrega das caixas negras, segundo o diário «New Straits Times».

Os rebeldes entregaram as caixas negras aos representantes malaios em Donetsk, no território controlado pelos separatistas, e transportaram num comboio com vagões frigoríficos os cadáveres de 282 dos 298 passageiros e tripulantes do avião sinistrado até à cidade de Járkov, território sob domínio do Governo ucraniano.