logotipo tvi24

Madre Teresa foi «tudo menos santa»

Estudo controverso das Universidades de Montréal e Otava, no Canadá

Por: Redacção    |   2013-03-06 12:45

Um estudo levado a cabo pelas Universidades de Montréal e Otava, no Canadá, está a gerar polémica. A investigação considera que a imagem de pobre que madre Teresa passou ao mundo foi um «fabricada» já que ela tinha acesso a milhões.

O trabalho ainda não foi publicado, mas já é controverso. Madre Teresa «terá sido tudo menos santa», escreve o «The Times of India». Uma imagem fabricada para os media.

O jornal escreve que a mulher que espalhou obra por todo o mundo e foi Nobel da Paz em 1979 via beleza no sofrimento dos pobres.

O «Huffington Post» acrescenta que, `a data da sua morte, havia 517 missões das Irmãs de Calcutá, espalhadas por 100 países, mas que, no entanto, os pacientes, acabam por morrer com falta de cuidados de higiene e negligenciados.

O Vaticano também é visado neste estudo, acusado de acelerar o processo de beatificação e ignorar as opiniões de médicos.

A investigação académica canadiana é baseada numa vasta análise de todos os trabalhos realizados sobre Madre Teresa de Calcutá, que morreu em 1997.

Partilhar
EM BAIXO: Madre Teresa de Calcutá (Reuters)
Madre Teresa de Calcutá (Reuters)

Estudantes vivos dentro do «ferry» naufragado na Coreia do Sul
Pai de um dos estudantes recebeu uma mensagem de telemóvel do filho preso dentro do navio
O país mais perigoso do mundo para os jornalistas
Comité de Proteção dos Jornalistas considera a Síria um país com assassínios seletivos
Barack Obama ameaça a Rússia com mais sanções
Presidente dos EUA admite mais sanções ao país de Vladimir Putin se a Rússia aumentar o apoio aos separatistas na Ucrânia
EM MANCHETE
Benfica vira clássico e está na final
Taça de Portugal: encarnados venceram dragões por 3-1: uma reviravolta que vale bem mais do que a ida ao Jamor
25 de Abril: Capitães de abril não discursam no Parlamento
Portas: desagravamento de IRS ainda «nesta legislatura»