Uma menina de dois anos fugiu da creche em Runcorn, Inglaterra, na quarta-feira, e foi para casa a pé sozinha, conta a BBC.

Louise bateu à porta e disse: «Mamã, estou em casa».

A polícia acredita que foi deixada uma porta aberta por um funcionário da creche e a família, que já mudou a menina para outra creche, exige consequências.

«Ela saiu da escola, que tem portões elétricos e tudo, andou a pé 800 metros, passou por uma floresta e passou perto de um canal. É inacreditável que a escola nem sequer tenha reparado que ela saiu. Podia ter acontecido alguma coisa», disse o pai, John.