A mais recente campanha da Victoria's Secret está a gerar uma onda de indignação. Para promover o novo sutiã «Body» («Corpo»), a marca recorreu aos famosos modelos «Angels» («Anjos») com corpos altos e esguios para uma sessão fotográfica em lingerie. «The Perfect Body» («O Corpo Perfeito») foi o slogan escolhido pela marca, que se encontra estampado na fotografia promocional da nova linha de soutiãs. A sugestão de que as 10 manequins - entre as quais a portuguesa Sara Sampaio - que se encontram na imagem possuem o corpo perfeito gerou contestação.

Olhando para a fotografia promocional, só se percebe que a marca se refere ao sutiã ao ler o texto que está em baixo do nome da campanha: «Ajuste perfeito. Conforto perfeito. Suavidade perfeita».



 O trocadilho da Victoria's Secret não agradou a outras marcas e movimentos que promovem o fim do padrão de beleza. 

Nas redes sociais, várias mulheres aderiram à hashtag #iamperfect («Eu sou perfeita») como forma de protesto. Houve até quem tirasse uma fotografia ao lado dos outdoors da nova campanha da Victoria"s Secret com um cartaz na mão onde estava escrito precisamente #iamperfect.

 
 
E não foram só mulheres: a Dove, famosa pelas campanhas que exaltam diferentes tipos de beleza, respondeu com a própria versão do corpo perfeito:

 
 
Mais de 20 mil pessoas  assinaram uma petição do Reino Unido para que a marca norte-americana altere a campanha e peça desculpas pela mensagem «doentia e danosa que a campanha “The Perfect Body” passa sobre o corpo das mulheres e como elas devem ser julgadas».