Um tribunal de Ancara ordenou nesta sexta-feira o levantamento da proibição imposta na semana passada pelo Governo turco de partilhar vídeos na internet através do Youtube. Admite no entanto que sejam mantidas algumas restrições e, de acordo com a Reuters, manteve bloqueio a 15 vídeos.

De acordo com os órgãos de comunicação locais, citados pela AFP, a decisão ainda é passível de recurso, e surge depois de na quinta-feira ter sido levantado também o embargo à colocação de mensagens na rede social Twitter, através da decisão do mais alto nível judicial do país, que considerou que a medida ia contra a liberdade de expressão.

O poder islâmico-conservador de Ancara tinha reivindicado o bloqueio do Youtube a 27 de março, por razões de «segurança nacional», no seguimento da divulgação no popular canal de videos de uma gravação em que altos funcionários da Turquia discutiam planos militares relativos à Síria.