O certificado de casamento entre o imperador francês Napoleão Bonaparte e Josefina, viscondessa de Beauharnais, vai ser vendido em leilão em setembro, em Paris, por um valor de base de 100 mil euros, anunciou a leiloeira Maison Osenat.

De acordo com a empresa de leilões francesa, citada pela Lusa, o documento, datado de 8 de março de 1796, está assinado pelo futuro Napoleão I e pela noiva, Marie Josephe Rose Tascher de La Pagerie, mais conhecida por Josefina, viscondessa de Beauharnais.

O casamento realizou-se no dia seguinte e o contrato de casamento foi registado em Paris a 18 de março.

Apesar da História ter registado esta ligação apaixonada entre os dois, o documento também mostra que os amantes eram pessoas com um sentido bastante prático.

O certificado de casamento determina que «cada um não será responsável pelas dívidas contraídas pelo outro» e que «não haverá bens comuns entre os dois».

O casamento foi anulado em 1810, depois de o casal não ter conseguido ter filhos.

O leilão está marcado para 21 de setembro pela Maison Osenat, em Paris.