“Os terroristas atacaram primeiro fiéis muçulmanos que rezavam em várias mesquitas”, explicou Babami Alhaji Kolo.

“A seguir, dirigiram-se para as casas, onde dispararam sobre as mulheres. Posso assegurar-vos que os atacantes mataram pelo menos 97 pessoas”, acrescentou a testemunha.