Um novo vídeo divulgado esta terça-feira mostra os autores do massacre ao jornal satírico «Charlie Hebdo» nas ruas de Paris logo depois do ataque de dia 7.

O vídeo, captada do alto de um edifício junto às instalações da publicação, mostra os irmãos Kouachi de máscara a recarregar as armas e a gritar «vingámos o profeta Maomé, matámos o ‘Charlie Hebdo’», e a voltar calmamente ao veículo utilizado para a fuga. 

De seguida, os dois homens são surpreendidos por um carro da polícia que os obriga a abrandar, mas o veículo das autoridades recua e os atacantes abrem fogo e voltam a arrancar.

Os irmãos Kouachi mataram 12 pessoas no sangrento ataque ao jornal francês, incluindo dois agentes da polícia.

O homem que filmou o primeiro vídeo divulgado, que mostra os terroristas a abater um polícia quando este pede misericórdia, já se mostrou arrependido da decisão de colocar as imagens online, considerado o seu ato um «reflexo estúpido».