O vídeo de um pai e de um filho a cantarem no carro “Quando, quando, quando” foi já visto por milhares de pessoas, que, depois de conhecerem a história do vídeo, doaram 30.500 euros para a Alzheimer Society, uma associação britânica sem fins lucrativo que ajuda pessoas que sofrem desta demência.

Simon McDermott, de 40 anos, gravou o vídeo enquanto conduzia com o pai, Ted, ao lado, na cidade de Lancashire, no Reino Unido.

Ted, de 80 anos, sofre de Alzheimer desde 2013. Desde entã9o, a sua vida tem-se alterado, mas contou sempre com a companhia e ajuda do filho.

Quando era novo, Ted cantou em bares e salas de espetáculo e era famoso por saber muitas letras de canções e conseguir cantá-las sem parar.

Nos últimos três anos, Ted tem-se esquecido de muitas das letras que cantava quase todos os dias. Por isso, o filho decidiu gravar este vídeo para que mais tarde o pai pudesse rever o momento.

Depois de divulgá-lo na internet, Simon pediu aos seguidores para doarem o que quisessem para um fundo que reverteria para a Alzheimer Society. O resultado surpreendeu e o vídeo continua a somar milhares de visualizações.