Como quase tudo o que tem acontecido com a Grécia, esta é mais uma ação sem precedentes. Em respeito à “transparência”, a Comissão Europeia publicou o documento com a última proposta feita ao governo grego, na sexta-feira, que foi liminarmente rejeitada.
 
A notícia foi divulgada pelo próprio Presidente da Comissão Europeia, que diz querer informar o povo grego:
 
A proposta é muito pouco diferente das anteriores, inclusivamente as gregas, como a derradeira, apresentada por Varoufakis na quinta-feira. A grande diferença é que as instituições já não colocam o IVA para os hotéis a 23%, mas a 13%.

A Comissão Europeia continua a dizer que o único lugar da Grécia é na zona euro, como frisou o comissário Moscovici na sua conta de twitter:
   
Esta era a proposta que estaria pronta para um acordo na sexta-feira, antes de Tsipras ter anunciado o referendo. No fundo, é o texto que estará a votação pelos gregos no próximo domingo e que está em cima da mesa até terça-feira, altura em que o programa termina.
 

List of Prior Actions - Version of 26 June 20 00