Partidos e cidadãos estão a convocar através das redes sociais concentrações para hoje, às 20:00, em várias cidades espanholas. Exigem um referendo para que o povo possa decidir se quer ou não manter a monarquia, escreve o jornal «El Mundo».

O anúncio da abdicação do rei Juan Carlos, tornou o tema no assunto do dia nas redes sociais, com muitos cidadãos e líderes políticos e defenderem a instauração da República como, por exemplo, o líder do partido Esquerda Unida, Willy Meyer, a exigir a realização de um referendo para os espanhóis poderem escolher o modelo que desejam para o futuro.

Para justificar a sua exigência afirma que os resultados das eleições europeias revelaram «uma crise» e «um naufrágio» do PP e do PSOE, os partidos que têm alternado no Governo do país e apoiam a monarquia, na sua opinião. Por isso, esta deve agora ser referendada.

Também a Juventude Socialista aderiu aos apelos.

#ElReyAbdica #ReferéndumYA são as hastags utilizadas nas mensagens.

Em Madrid, as mensagens nas redes sociais apelam à concentração na praça Puerta del Sol e, em Barcelona, o encontro está a ser marcado para a praça da Catalunha.

No entanto, as autoridades já fizeram saber que ainda não receberam nenhum pedido a solicitar autorização para a realização das manifestações.