Os seis rapazes que estudam no Colégio Maribyrnong foram abordados por um empregado da loja e dois seguranças.

Nas imagens assiste-se a uma conversa entre o funcionário e o grupo de estudantes.

 

"Os seguranças estão um pouco preocupados com a vossa presença na nossa loja. Pensam que vocês possam roubar algo".

 

Assim que o vídeo foi colocado nas redes sociais, muitos internautas repudiaram a atitude, classificando-a como discriminação racial.

 

 

  

Os jovens acabaram por contar a situação ao diretor da escola, que acabou por acompanhá-los de novo à loja com o objetivo de conseguirem um pedido de desculpas.

O gerente da loja acabou por pedir desculpa pela atitude dos seus funcionários, frisando que os rapazes serão sempre bem-vindos. Já os dirigentes da Apple preferiram não comentar o caso.