Uma jovem russa de 21 anos disparou acidentalmente contra si própria quando tirava uma selfie. De acordo com a imprensa local, o incidente aconteceu na última quinta-feira, em Moscovo, e a rapariga está em "estado grave". 

A pistola de 9 milímetros foi esquecida pelo segurança, no escritório onde a jovem trabalha. A mulher aproveitou o esquecimento para tirar uma fotografia e acidentalmente apertou o gatilho. 

Rapidamente foi transportada para um hospital de Moscovo, onde, de acordo com os médicos, se encontra em "estado grave". 

O segurança que na altura do acidente estava de férias, terá deixado a arma durante duas semanas no escritório. De acordo com a agência noticiosa RIA Novosti, o homem pode enfrentar até seis meses de prisão por armazenamento negligente de armas. 

Não é o primeiro incidente que ocorre enquanto as pessoas tiram selfies. Ainda na última semana, Anna Ursu, uma jovem romena de 18 anos, morreu quando se preparava para tirar uma fotografia a si própria no telhado de uma estação de comboios na cidade de Iasi, no nordeste da Roménia. Anna encostou, acidentalmente, uma perna aos fios elétricos e morreu vítima dos 27 mil volts que seguiam naquela corrente elétrica. 

Também o ano passado, uma outra jovem morreu na Itália depois de cair de um penhasco enquanto tentava tirar uma selfie na cidade de Tarantos. Ainda esteve cinco dias em coma, mas acabou por falecer.