"Sente-se que há uma grande participação e está tudo a correr com normalidade. Não vejo apreensão nas pessoas. Parece que estou em Portugal e (que) estamos num dia perfeitamente normal em Portugal, quando as pessoas vão votar", disse.






"Sente-se que as pessoas estão contentes por nós estarmos aqui, lançam-nos sorrisos, alguns agradecem, sem ser muito efusivos, mas agradecem. Alguns piscam o olho, acenam com a cabeça", frisou.