Um antigo astronauta é suspeito do homicídio de duas irmãs, de 11 e 13 anos, vítimas num acidente de viação.

O jipe de James Halsell Jr terá embatido no carro onde seguiam as menores com o pai e uma amiga. As crianças, que não traziam cinto de segurança, foram projetadas e não resistiram aos ferimentos. O pai foi internado, mas já deve ter tido alta e a companheira não sofreu ferimentos de maior, apurou a AL.com. De caminho para umas férias no Texas, as meninas estavam apenas a 20 minutos de casa quando perderam a vida. 

O acidente ocorreu na madrugada de segunda-feira, numa autoestrada do Alabama, nos Estados Unidos. Segundo a polícia, o excesso de velocidade e a percentagem de álcool no sangue do ex-astronauta podem ter provocado o acidente.

James Halsell Jr, Fotografia tirada pela polícia (Reuters)

Após uma carreira na Força Aérea norte-americana e na NASA, depois de cinco viagens ao espaço, aos comandos de uma nave espacial, James Halsell Jr, reformado da agência de aeronáutica há uma década, enfrenta agora a justiça por um acidente na Terra e aguarda julgamento em liberdade, após o pagamento da fiança.