"Queremos deixar mais forças de segurança iraquianas treinadas, renovadas, bem-equipadas e focadas, e Abadi quer a mesma coisa, então estamos a estudar uma série de planos sobre como podemos implementar esse plano", disse o presidente, acrescentando:
  
"Nós ainda não temos uma estratégia completa, porque isso requer compromissos por parte dos iraquianos e saber como o recrutamento e treino vão acontecer. Esses pormenores ainda não estão fechados.»