Um professor de uma escola em Joanesburgo, na África do Sul, foi expulso da sala de aula à vassourada por um aluno que não terá mais do que 14 anos. O incidente foi registado em vídeo por outro aluno e divulgado nas redes sociais. De acordo com a Sky News, o ataque chocou as autoridades e levou o Ministério da Educação a abrir um inquérito para responsabilizar os autores da agressão e os pais. A ministra Angie Motshekga avisa que «as escolas não deviam ser o único lugar onde valores morais são ensinados. Isso deveria começar em casa».

No vídeo, vê-se um jovem a lutar para tirar uma mochila das mãos do professor. Ao falhar a tentativa, o aluno pega numa vassoura e começa a agredir o professor junto à porta da sala de aula. O docente tenta defender-se sem responder à violência e opta por se afastar do local. Outros alunos aplaudem, riem e incentivam o adolescente que está fora de controlo, inclusive o aluno que está a filmar a cena. A certa altura, o aluno que está a filmar chega a apanhar a vassoura do chão e diz ao amigo: «Vai-te a ele!» («Go get him», em inglês).

«O Ministério está alarmado com o comportamento violento do aluno da Glenvista High School e vai recomendar que todos os envolvidos recebam aconselhamento traumático. O estudante agressor e todos os que o estavam a incentivar devem ser punidos de forma adequada», disse a ministra. «A punição física não é uma opção nem mesmo quando se trata de castigar uma forma de violência. As escolas não deviam ser o único lugar onde valores morais são ensinados. Isso deveria começar em casa», acrescentou Angie Motshekga.