A chuva e o vento não dão tréguas no Reino Unido. Um vídeo de uma câmara de vigilância publicado esta sexta-feira no Youtube mostra um telhado de 30 por seis metros arrancado de um edifício pela força dos ventos e que aterrou num parque de estacionamento, danificado várias viaturas e que, por sorte, não deixou ninguém ferido.



O incidente ocorreu em Shropshire, perto do país de Gales, mas, o mau tempo estende-se um pouco por todo o lado, incluindo Londres.

Nas piores cheias desde 1910, nem os campos da rainha escaparam e há dias que Windsor também ficou inundado.

Os príncipes William e Harry também calçaram as galochas e foram para o terreno ajudar autoridades e militares que colocam sacos de areia atrás de sacos de areia para fazer diques e travar as águas que teimosamente não largam os britânicos, em Datchet, perto do Castelo de Windsor.

O Duque de Cambridge e o irmão mais novo fizeram uma visita surpresa aos militares que tentam segurar as águas do rio Tamisa e ajudam a evacuar casas.

Apesar de tanta água, o Governo de Cameron esteve debaixo de fogo na opinião pública que considerou a resposta lenta. O primeiro-ministro britânico veio dizer na terça-feira que o dinheiro não será um problema e não faltará apoio às regiões afetadas.

Só é mesmo preciso que deixe de chover. E, isso, parece estar fora de questão nos próximos dias. Os meteorologistas já anunciaram mais chuva para o Reino Unido.