três mortos, 23 feridos e 30 detenções





Opositores acusam Maduro de «suspender garantias» e pedem mais manifestações