Tropas ucranianas cercaram esta quinta-feira totalmente o bastião rebelde de Lugansk, ao cortar a última estrada que ligava aquela cidade do leste da Ucrânia à fronteira russa, disse um porta-voz militar.

As forças governamentais tomaram a aldeia de Novosvitlivka, «cortando, assim, a última ligação por estrada entre Lugansk, controlada pelos rebeldes, e outras zonas controladas por mercenários russos, em particular o posto fronteiriço de Izvaryn», indicou o porta-voz da segurança Andriy Lysenko, citado pela agência de notícias francesa, AFP.

Junto à fronteira com a Ucrânia, encontra-se uma coluna humanitária russa que, depois de entrar no país, ficará sob o controlo da Cruz Vermelha Internacional.