O filho de Kate Middleton e William de Inglaterra nasceu esta segunda-feira, dia 22 de julho, pelas 16:24 (hora local), em Londres, no hospital de St Mary, mas o anúncio público só teve lugar quatro horas depois.

Kate Middleton deu à luz um rapaz que será o terceiro na sucessão ao trono britânico.

O bisneto de Isabel II nasceu com quase três quilos e 800 gramas, de parto natural e após oito horas.

«Sua Alteza Real e a criança estão bem e vão permanecer no hospital durante a noite», pode ler-se no comunicado da Casa Real. O príncipe William também vai pernoitar no hospital. Na sua reação, William disse: «Não podíamos estar mais felizes».

O nome do bebé ainda não é conhecido oficialmente. O nome do pai também só foi divulgado uma semana depois. O bebé vai ser tratado por «Sua Alteza Real, o Príncipe (nome) de Cambridge».

O príncipe William esteve presente no parto. O bebé nasceu de parto natural.

De acordo com a tradição, a rainha terá sido a primeira a saber, num boletim assinado pelo ginecologista da princesa e enviado sob escolta policial para o Palácio de Buckingham, conta a BBC.

«Estou profundamente orgulhoso e feliz por ser avô pela primeira vez». A reação de Carlos de Inglaterra, o avô.

O primeiro-ministro David Cameron já deu os parabéns ao casal.«É um momento importante para a nação». O líder da oposição também felicitou o casal.

O povo que aguardava há dias pelo nascimento do bebé real, reagiu com euforia e emoção, num anúncio feito por um guarda e à moda antiga.

«A Diana ficaria tão contente. Ela já é avó!», disse uma popular que o «The Guardian» ouviu.

A primeira aparição pública do bebé real terá lugar quando a princesa abandone o hospital, como fez Diana há 31 anos, quando apresentou William ao mundo, escreve o «The Telegraph».

o «The Telegraph» vai já mais à frente e faz contas para saber quando é que o bebé será batizado, apontado para o outono, altura em que a família real regressa da casa de férias, em Balmoral. Sobre o fato a usar na cerimónia também não haverá grande dúvidas. Um fato de 1841, que já foi usado pelo pai e outros bebés reais.