Atualizada às 15:36

O Reino Unido aumentou, esta sexta-feira, o seu nível de alerta terrorista para «severo», o segundo mais alto. Em causa, possíveis ataques que estarão a ser preparados na Síria e no Iraque, adiantou a ministra do Interior, Theresa May.

«Isto significa que um ataque terrorista é provável, mas não há informações dos serviços de inteligência que esteja iminente», disse a ministra, em comunicado.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou entretanto que pondera propor legislação que dificulte as viagens de britânicos para a Síria e para o Iraque. Cameron prometeu detalhar este plano diante do Parlamento britânico.



«Será feita uma comunicação na Câmara dos Comuns, na próxima segunda-feira. Isso inclui futuras medidas para impedir que as pessoas viagem, com nova legislação que tornará mais fácil apreender passaportes», disse.