O embaixador palestiniano na República Checa, Jamal Al Jamal, morreu esta quarta-feira, na sequência de uma explosão na própria casa em Praga. A notícia é avançada pela France Presse, que cita uma fonte policial.

«Lamentando, confirmamos essa informação oriunda dos serviços de emergência», afirmou o porta-voz da polícia Andrea Zoulova.

Jamal Al-Jamal, de 56 anos, sofreu vários ferimentos durante a explosão e acabou por ser transportado para o hospital militar de Praga em estado de coma artificial.

De acordo com a imprensa local, a explosão poderá ter sido acidental, mas a polícia abriu um inquérito para apurar a origem.

A residência do embaixador da Palestina está localizada num edifício recente no distrito de Suchdol, localizado no noroeste da capital Checa.

O porta-voz da embaixada, Nabil el Amin, disse à rádio pública checa que a família do embaixador estava no apartamento no momento da explosão.