A polícia italiana prendeu esta segunda-feira, em Palermo, 95 presumíveis membros da máfia Cosa Nostra, acusados de extorquir empresários sicilianos durante anos.

Na operação, que juntou efetivos de várias forças, foram desmantelados os clãs que controlavam as zonas de Resuttana e San Lorenzo e apreendidos vários milhões de euros, informaram fontes policiais.

Os suspeitos vão acusados designadamente de extorsão e de associação criminosa, como noticia a Lusa.